ARTISTA-PROFESSOR: CARTOGRAFIA E PROCESSO

Nome: Rosana Lucia Paste
Tipo: Tese de doutorado
Data de publicação: 06/03/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
César Pereira Cola Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Angela Maria Caulyt Santos da Silva Examinador Externo
César Pereira Cola Orientador
Cleonara Maria Schwartz Examinador Interno
Hiran Pinel Examinador Interno
Pablo Ornelas Rosa Examinador Externo

Resumo: Trata-se de investigar as contaminações, os agenciamentos, os planos comuns do artista que é professor, descrever a existência de linhas que unem essas profissões, como se relacionam e se completam. Escolhemos por cartografar experiências que desvelam o processo de criação dos pesquisados. A prática cartográfica é avessa a unificações e promove sua abertura a variações, a multiplicidades, a desvios e a indeterminações. O acesso à produção nos possibilitou o acompanhamento dos percursos criativos com seus rastros e pistas em forma de croquis, anotações, devaneios, na perspectiva de aproximar o que é singular no processo de criação de cada artista-professor. Utilizamos princípios filosóficos de territorialidade, rizoma, conexão heterogênese e multiplicidade de Giles Deleuze e Félix Guattari. A escolha pela filosofia na pesquisa é por permitir que os fatos sejam analisados em si, sendo imanências que surgem e se sobrepõem, diferente da história, que para nós os limitam e os condicionam a uma única verdade. Os artistas-professores pesquisados foram Lygia Clarck, Rosana Paste e José Carlos Vilar.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910