CADERNOS DE FORMAÇÃO DO PNAIC EM LÍNGUA PORTUGUESA: CONCEPÇÕES
DE ALFABETIZAÇÃO E DE LETRAMENTO

Nome: Kaira Walbiane Couto Costa
Tipo: Tese de doutorado
Data de publicação: 19/04/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Cláudia Maria Mendes Gontijo Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Cláudia Maria Mendes Gontijo Orientador
Cleonara Maria Schwartz Examinador Interno
Dilza Côco Examinador Externo
Fernanda Zanetti Becalli Examinador Externo
Valdete Côco Examinador Interno

Resumo: Os resultados da pesquisa analisados neste relatório partem de um estudo cuja finalidade foi compreender os conceitos de alfabetização e de letramento que balizam a formação de professores alfabetizadores no âmbito do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic). A pesquisa partiu da tese de que, apesar de a perspectiva do letramento adotada na formação postular a indissociabilidade entre alfabetização e letramento, o programa aponta, por meio de suas propostas, para a dissociação entre esses processos, com ênfase na alfabetização como aquisição do código escrito. Foram analisados os cadernos de formação do Pnaic da área de linguagem, distribuídos pelo Ministério da Educação (MEC), no ano de 2013. A metodologia utilizada foi a documental. Para a análise dos cadernos, dialogou-se com os pressupostos teóricos de Mikhail Bakhtin e seu círculo, bem como com os estudos que se reportam à perspectiva de pesquisa de base histórico-cultural. Conclui que, a despeito de a formação postular a indissociabilidade entre os processos de alfabetização e letramento, os textos orientadores, os relatos de experiências das professoras, as formas de avaliação apontam uma dissociação entre esses processos, enfatizando a alfabetização como aquisição do código escrito.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910