EDUCAÇÃO DE SURDOS NO ÂMBITO DA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE NOVA VENÉCIA/ES: A FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM FOCO

Nome: Lara Regina Cassani LacerdaTipo: Dissertação de mestrado profissionalData de publicação: 13/08/2019Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Alexandro Braga Vieira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Alexandro Braga Vieira Orientador
Andressa Mafezoni Caetano Examinador Interno
Gilsilene Passon Picoreti Franscischetto Examinador Externo
Regina Godinho de Alcântara Examinador Interno

Resumo: A pesquisa objetiva compreender criticamente os desafios e as possibilidades que atravessam a escolarização de surdos em escolas jurisdicionadas à Superintendência Regional de Educação de Nova Venécia/ES e, por meio das contribuições dos profissionais que atuam nessas escolas, encontrar elementos essenciais à formação continuada desses sujeitos. Como se trata de um estudo de mestrado profissional, assume, como produto final, a sistematização de uma proposta de formação continuada em contexto, que promove interações entre a legislação educacional (nacional e local), a vivência nas escolas e a literatura educacional. O estudo conta com as contribuições teóricas de Boaventura de Sousa Santos (2007, 2010), Philippe Meirieu (2002, 2005) e autores que debatem diretamente a educação especial e a surdez, como Skliar (1999, 2016), Quadros (1997, 2004, 2006, 2009) e Lacerda (1998, 2006, 2009). O referencial teórico-metodológico envolve uma abordagem qualitativa, por meio de um estudo de caso. Para coleta dos dados, utiliza a análise documental, a composição de momentos de formação continuada e a realização de grupos focais e entrevistas. Os sujeitos envolvidos no processo de pesquisa nos momentos formativos foram técnicos pedagógicos e supervisores escolares da Superintendência Regional de Educação, pedagogos, coordenadores e equipes do atendimento educacional especializado que atuam nas escolas vinculadas a essa superintendência de Nova Venécia. Em outro momento, foram realizadas entrevistas com uma supervisora escolar e uma técnica pedagógica desse órgão regional. O período de coleta de dados se efetivou entre julho e dezembro de 2018. Como resultados, procuraram-se, nas narrativas colhidas no grupo focal e nas entrevistas, pistas entrecruzadas com os documentos orientadores da inclusão de surdos, emergindo um curso de formação continuada, composto com base nos relatos dos profissionais ouvidos no grupo focal, a partir de suas experiências e necessidades formativas dentro dos desafios e das possibilidades vivenciados nos cotidianos escolares nos quais estão envolvidos. Sendo assim, evidencia-se a necessidade da formação continuada em contexto, destacando-se, com base nas narrativas colhidas em campo, que as temáticas advindas dos diálogos com os sujeitos pesquisados puderam compor quatro módulos da proposta formativa, apresentados como a necessidade real do grupo: 1) Direito à educação e à escolarização: diálogos com a legislação vigente e a difusão da Libras nas escolas; 2) Alfabetização de surdos na escola comum e abordagem da Libras e da língua portuguesa na escolarização de surdos; 3) Redes de apoio: articulação do atendimento educacional especializado com a sala de aula, atribuições e contribuições na escolarização dos surdos; 4) Currículo, práticas pedagógicas e avaliação: desafios e tensões na escolarização de surdos. Na composição dos módulos da proposta formativa, ficam evidentes os desafios e as possibilidades que atravessam a escolarização dos surdos na região pesquisada. Dessa forma, o estudo alcança seu objetivo e propõe uma intervenção que possa contribuir para a transformação dessa realidade.Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910