Os Processos Intrapsíquicos de Conteúdos e Conceitos da Notação Musical para Discentes Cegos: Estudo de Caso

Nome: Welington KefferTipo: Dissertação de mestrado profissionalData de publicação: 18/12/2020Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Douglas Christian Ferrari de Melo Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Douglas Christian Ferrari de Melo Orientador
José Eduardo Costa Silva Examinador Externo
Vilson Zattera Examinador Externo
Vitor Gomes Examinador Interno

Resumo: A pesquisa é uma dissertação de mestrado profissional no campo da Educação e tem por temática o processo de aprendizagem musical de pessoas com deficiência visual. O objeto de pesquisa refere-se às dificuldades que os discentes cegos congênitos da Escola Estadual de Ensino Médio “Zulmira Conceição Keffer” vivenciam no processo de aprendizagem da notação musical impressa. Este estudo buscou compreender como a prática do ensino de Musicografia Braille pode mediar os processos intrapsíquicos dos conceitos científicos da notação musical impressa, para os discentes cegos congênitos da instituição nomeada de EEEM-ZCK, que estão iniciando no processo de aprendizagem dos conteúdos práticos da leitura e escrita de partituras. A revisão literária foi realizada a partir de textos que tratam sobre o processo de aprendizagem musical de pessoas cegas. Dessa forma, foi possível compreender que os conceitos científicos da notação musical devem ser mediados por instrumentos e signos que possibilitem o acesso às informações contidas nas partituras. O estudo partiu do pressuposto que a ausência de referências imagéticas da notação musical pode comprometer o processo formativo desses estudantes, entretanto, isso não significa que esses discentes estão impedidos de aprenderem e se desenvolverem na prática da leitura e da escrita musical, uma vez que a inter- relação entre as vias sensoriais alternativas e as ações pedagógicas propiciadas pelo professor podem mediar esse processo. Para sustentar tal afirmação, adotamos como referencial teórico os estudos de Lev S. Vigotski (1896-1934) e trabalhamos com as concepções de interação social, internalização e formação de conceitos científicos. Trata-se de uma pesquisa de natureza aplicada, descritiva e de abordagem qualitativa. A produção das informações foi realizada a partir da técnica do estudo de caso. O instrumento escolhido para produzir os dados foi a entrevista semiestruturada com perguntas abertas, que foram realizadas de forma online, através da plataforma do WhatsApp, devido ao distanciamento social causado pela Covid 19. Os participantes foram: quatro professoras de Atendimento Educacional Especializado da EEEM-ZCK e três professores de música. Para organizar, analisar e interpretar os dados coletados, usamos a técnica de análise de conteúdo conforme os critérios de Laurence Bardin.Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910