Planejamento Docente Como Produção de Possíveis nas Práticas Educativas

Nome: Izaque Moura de FariaTipo: Dissertação de mestrado profissionalData de publicação: 04/08/2020Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Larissa Ferreira Rodrigues Gomes Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Danielle Piontkovsky Examinador Externo
Dulcimar Pereira Examinador Externo
Larissa Ferreira Rodrigues Gomes Orientador
Sandra Kretli da Silva Examinador Interno

Resumo: Mobilizada por um desejo erosivo de conceitos, esta pesquisa tenciona expandir o conceito de planejamento docente, cartografando e problematizando diferentes expressões que este assume em pesquisas acadêmicas e no cotidiano escolar. Tendo currículo e formação docente como pistas e apostando em expressões que entendem o planejar docente como um rascunhar, ensaio, a partir da perspectiva de Gilles Deleuze, em busca de inspiração ao invés de antecipação. Esta pesquisa – influenciada pela filosofia da diferença – erode expressões que reduzem o planejamento docente à criação de roteiros e prescrições disciplinadoras – apoiadas em lógicas racionalistas do pensamento moderno – expandindo este conceito a partir de suas pistas e, com elas, como processos coengendrados mobilizados pela produção-efetuação de possíveis. Expansão processada através da cartografia – enunciada por Gilles Deleuze, Félix Guattari, Virgínia Kastrup, Eduardo Passos e Liliana Escóssia – como performance metodológica a viverpraticar, produzir e simultaneamente percorrer nesta pesquisa-intervenção. Cartografia produzida-percorrida por meio de redes de conversação, registros (escritos, gravados em áudio e fotografados) em diário de campo e principalmente através de um forte exercício de despersonalização do aprendiz-cartógrafo. Mobilizando e intensificando o campo problemático desta pesquisa-intervenção desejante por entender como o planejamento docente pode produzir possíveis nas práticas educativas? Resultando na produção desta cartografia e de outras três produções, sendo: um curso de extensão certificado pelas Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) e Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da UFES; um curso de formação certificado via Secretaria de Educação do município de Serra; e a edição inaugural da revista do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Currículos, Culturas e Cotidianos (NUPEC3). Produções em que se destacam como reterritorializações – considerações – desta pesquisa-intervenção: a coexistência de expressões do conceito de planejamento docente como instituído e como criação que no cotidiano escolar se atravessam constantemente; o planejamento docente como agenciamento coletivo de enunciação produtor de possíveis; possíveis produzidos-efetuados através dos acontecimentos que promovem a expansão de diferentes conhecimentossignificações e, consequentemente, do currículo em currículos ecológicos e conectados rizomaticamente; e da formação docente como processo de produção de docências possíveis a compor um devir-docente em constante formação pelas/nas práticas educativas escolares em que a docência se processa como relação de aprenderensinar entre suas/eus praticantespensantes.Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910