A Autoavaliação Institucional e a Gestão Universitária em uma Instituição Federal

Nome: Josefa Matias SantanaTipo: Dissertação de mestrado profissionalData de publicação: 08/10/2020Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Itamar Mendes da Silva Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Itamar Mendes da Silva Orientador
José Carlos Rothen Examinador Externo
Marcelo Lima Examinador Externo
Renata Duarte Simoes Examinador Interno

Resumo: Este estudo analisa os modos de efetivação da Autoavaliação Institucional como instrumento de gestão universitária numa Instituição Federal de Ensino Superior (Ifes) e ferramenta promotora e indutora da qualidade institucional. A Avaliação Institucional, enquanto política pública de Estado, desempenha importante papel para a qualidade da Educação Superior. A instituição do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), em uma perspectiva integradora, objetivou estruturar a avaliação do Sistema de Educação Superior, de modo a permitir o acompanhamento do planejamento e das ações implementadas por cada Instituição de Ensino Superior (IES). A Avaliação Institucional contempla a Autoavaliação (ou Avaliação Interna) e a Avaliação Externa. Prevê que toda IES deve constituir uma Comissão Própria de Avaliação (CPA) para a condução do processo de autoavaliação com vistas a identificar e refletir sobre acertos e dificuldades e decidir acerca dos aprimoramentos que se julguem necessários. Diante disso, o intuito deste trabalho é verificar a efetividade da autoavaliação como ferramenta promotora e indutora da qualidade institucional na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Procurando atingir esse propósito, foram traçados os seguintes objetivos específicos: ponderar a respeito da trajetória da Ufes no contexto do Ensino Superior no Brasil; caracterizar a trajetória da Avaliação Institucional da Ufes; diagnosticar possibilidades e limites para efetivar a Autoavaliação Institucional na Ufes; identificar os procedimentos de gestores da Ufes a partir dos resultados da Autoavaliação Institucional; meta-avaliar o processo de Autoavaliação Institucional da Ufes; e elaborar produto educacional que apresente proposta para oferecer instrumentos ao trabalho dos membros da CPA e das Comissões Próprias de Avaliação de Centros de Ensino (CPACs). A relevância deste estudo está na possibilidade de permitir a apreensão e a apropriação do diagnóstico das ações realizadas com base nos resultados da Autoavaliação Institucional, pela CPA, pelos gestores da Ufes, bem como por toda a comunidade acadêmica. Para fundamentar o debate, utilizamos as contribuições publicadas em periódicos, artigos, livros, teses e dissertações. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e de cunho participante, fazendo uso de fontes bibliográficas e documentais, bem como da análise de conteúdo. Com a colaboração de servidores públicos ativos e aposentados da Ufes que trabalham e trabalharam diretamente com a avaliação da Educação Superior no âmbito da Universidade, produziu-se o Caderno de Avaliação Institucional intitulado “conhecendo o Processo de Autoavaliação da Universidade Federal do Espírito Santo” para os membros da CPA e das CPACs, disponibilizado na página institucional, inclusive como material de consulta pública. As análises dos dados evidenciam que, gradualmente, a gestão da Ufes vem sendo impactada pela Autoavaliação Institucional. No entanto, para que possa contribuir mais efetivamente com o planejamento estratégico, é necessário que seus resultados sejam problematizados por todos os setores da instituição, respondendo à indução da gestão central com um caráter mais institucionalizado.Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910