O Processo de Ensino-aprendizagem em Sala Multisseriada: Símbolo de Luta e Resistência para a Educação do Campo

Nome: Iraní da Silva de JesusTipo: Dissertação de mestrado profissionalData de publicação: 12/11/2020Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Debora Monteiro do Amaral Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Debora Monteiro do Amaral Orientador
Salomão Antônio Mufarrej Hage Examinador Externo
Valter Martins Giovedi Examinador Interno

Resumo: Este estudo buscou investigar o processo de ensino-aprendizagem em uma sala multisseriada de uma escola do campo no município de Linhares/ES e vislumbrar caminhos para atuação pedagógica humanizadora. Justifica-se pela relevância que representa para a educação do nosso país, no sentido de deixar explícito, para a sociedade, a importância da valorização da Educação do Campo e das salas multisseriadas, porque nos deparamos com um cenário em que muitas escolas multisseriadas vêm sendo fechadas, o que representa um retrocesso perante toda luta e resistência defendidas pelos movimentos sociais, que buscam garantir uma Educação Básica do campo com foco na realidade dos (as) camponeses (as). O trabalho proposto pretende ainda analisar, exibir e levantar questões relacionadas ao processo de ensino-aprendizagem em salas multisseriadas em escolas do campo. O referencial teórico-metodológico utilizado fundamenta-se nos conceitos de Salomão Hage (2009, 2013, 2014), que aborda conhecimentos relevantes sobre as salas multisseriadas e suas características. Refletimos sobre Educação do Campo a partir das ideias de Miguel Arroyo, Roseli Caldart e Mônica Molina (2011), por meio do livro Por Uma Educação do Campo, em que fizemos um percurso histórico sobre as conquistas da Educação Básica do Campo. Outro autor importante que subsidia este estudo é Paulo Freire (2019, 2018), que discute sobre o processo de ensino-aprendizagem em uma perspectiva crítica libertadora. Para levantamento e produção de dados, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa, na qual utilizamos como instrumentos de coleta de dados a observação participante e a entrevista em uma escola do campo no município de Linhares/ES, que atende turmas do 1° ao 5° anos; o diário de campo que se constitui importante instrumento para registros dos pontos relevantes utilizados; e a entrevista individual. Com o desenvolvimento desta pesquisa, foi possível identificar que 56% das escolas do campo do município de Linhares fizeram junção de duas etapas, classificadas, conforme Paulo Freire, como alfabetização e pós-alfabetização, constituindo-se como fator desafiador para o ensino nas salas multisseriadas. Além disso, foi evidenciado que a prática docente é desenvolvida por uma visão ingênua de que o material didático deveria se adequar à realidade das/os estudantes, deixando passar despercebido que a única pessoa capaz de aproximar os conteúdos da realidade da/o estudante é a/o própria/o professora/professor que se encontra na linha de frente em sala de aula. Por esse motivo, pensamos que o trabalho pedagógico por meio de temas geradores poderia proporcionar às/aos estudantes uma aprendizagem significativa e problematizadora que priorize uma reflexão crítica da realidade. Assim, foi sugerido como produto educacional um caderno com proposta de orientações metodológicas para o ensino em salas multisseriadas, voltada para a prática docente a partir de temas geradores, na perspectiva de Paulo Freire, pensado para contribuir de maneira significativa no processo de ensino- aprendizagem em salas multisseriadas nas escolas do campo do município de Linhares/ES.Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910