Formação Contínua e Possibilidades para o Coordenador Pedagógico da Educação Infantil

Nome: Karine de Abreu MeloTipo: Dissertação de mestrado profissionalData de publicação: 11/12/2020Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Kalline Pereira Aroeira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Aldieris Braz Amorim Caprini Examinador Externo
Alexandro Braga Vieira Examinador Interno
Isaneide Domingues Examinador Externo
Kalline Pereira Aroeira Orientador

Resumo: Este trabalho estuda possibilidades para a formação contínua de Coordenadores Pedagógicos que atuam na educação infantil. A pesquisa pretende especificamente: sistematizar discussão sobre a atuação do Coordenador Pedagógico e o seu papel na Educação Infantil, com base nas reflexões produzidas por estudos e publicações sobre o tema; analisar potências e desafios com relação a organização de processos de formação contínua para o Coordenador Pedagógico de educação infantil no município de Serra-ES, considerando as necessidades e demandas relacionadas à Coordenação Pedagógica na Educação Infantil; propor e sintetizar ações que fortaleçam processos de investimento na formação contínua e ações formativas crítico-colaborativas de Coordenadores Pedagógicos da Educação Infantil. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, cujos participantes são coordenadores pedagógicos da educação infantil que colaboraram com o estudo por meio de grupo focal (online), compartilhando seus depoimentos sobre as questões centrais da pesquisa. Situa seu referencial teórico na discussão que valoriza a interlocução constante entre a teoria e prática e o processo de reflexão individual e coletiva do Coordenador Pedagógico com os seus docentes. Considera a articulação de saberes como importante estratégia para a formação contínua que acontece no horário de trabalho (DOMINGUES, 2009). Investe na perspectiva teórica que destaca a formação contínua como uma ação de suma importância para a construção do desenvolvimento profissional do Coordenador Pedagógico que atua na educação infantil (GOMES, 2018; FRANCO, 2008; LIMA, 2011). Como principais considerações-sínteses o estudo conclui que: a Formação Contínua constitui-se um espaço privilegiado para que os Coordenadores Pedagógicos fortaleçam o desenvolvimento de sua atividade profissional; os Coordenadores Pedagógicos participantes da pesquisa, desejam/esperam por processos de Formação Contínua que lhes seja realmente significativo; a Formação Contínua compõe um momento para os Coordenadores Pedagógicos poderem ler, estudar e pesquisar, além de ser um espaço em que se pode compartilhar e partilhar as práticas do processo pedagógico de forma coletiva; a Formação Contínua contribui para a compreensão e reflexão sobre o papel de formador dos Coordenadores Pedagógicos no âmbito das instituições de educação infantil.Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910